Vídeos

SUGESTÃO 1: http://youtu.be/_M1y1UZJFV8

O vídeo é uma montagem de fotos, textos e música que busca evidenciar a importância do posicionamento da psicologia frente à discriminação racial.

SUGESTÃO 2: http://youtu.be/-KrguF_3Xfs

Conexão Repórter - Preconceito racial continua em alta no Brasil

SUGESTÃO 3:”Todos somos iguais” VEJA...

video

 

POSTADO POR

Ana Carolina, Célia, Eliandra, Janete e Teresa Cristina

 

INTERFACE DA VIOLÊNCIA E DISCRIMINAÇÃO

 

Indico o documentário Homofobia, Lesbofobia e Transfobia (2008): O vídeo busca refletir sobre as categorias usadas por ativistas lésbicas e travestis para se falar das violências contra suas identidades. Trazendo vozes sobre os usos dessas categorias, esquadrinha algumas aproximações e distâncias entre a pauta específica destas em relação ao "segmento" como um todo. Mostra situações em que o "ser lésbica" e o "ser travesti" produziram particularidades no que tange a discriminação e violência.

DIRETOR: Felipe Bruno Martins Fernandes

FILIAÇÃO INSTITUCIONAL: Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades/ Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas/Universidade Federal de Santa Catarina.

Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=gIxx8Zd5TuU Acesso em 06/10/11


POSTADO POR: Teresa Cristina

DOCUMENTÁRIO: TODAS AS CORES DA LIBERDADE

O documentário retrata a realidade e a luta por direitos de mulheres e homossexuais ao longo das últimas décadas. O material cita os protestos estudantis, o movimento hippie, a ação da contracultura, o uso de contraceptivos e os fatos que contribuíram para a liberação sexual. Apresenta um pouco dessa história de lutas, opressões, avanços, recuos, amores e libertações.
Veja a seguir o link para o vídeo produzido por Diza Andrade, Raul Gondim, Talita Aquino, Thaís Faria e Thiago Padovam.

POR UMA INFÂNCIA SEM PRECONCEITOS - Unicef

<iframe width="480" height="390" src="http://www.youtube.com/embed/_aPYuKiKFMg?rel=0" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>

Participe www.infanciasemracismo.org.br

Com a campanha Por uma infância sem racismo, o UNICEF e seus parceiros fazem um alerta à sociedade sobre os impactos do racismo na infância e adolescência e sobre a necessidade de uma mobilização social que assegure o respeito e a igualdade étnico-racial desde a infância.

Baseada na ideia de ação em rede, a campanha convida pessoas, organizações e governos a garantir direitos de cada criança e de cada adolescente no Brasil.